Quando se trata de comprar um imóvel na planta,  novo ou mesmo usado, o financiamento costuma ser uma das opções mais procuradas por quem sonha com a casa própria.

Essa alternativa de pagamento é muito comum, pois além de facilitar a aquisição do imóvel, que é um dos maiores investimentos realizados durante a vida, ela também pode oferecer condições mais atrativas para o comprador.

Portanto, nós destacamos cada ponto dessa jornada para que você entenda todo o processo de financiamento.

Leia esse artigo até o final e descubra:

  1. O que é financiamento imobiliário
  2. Como se planejar para o financiamento
  3. Quais são os âmbitos de financiamento
  4. Quais são os sistemas para a amortização da dívida 
  5. O que é melhor: financiamento de imóvel novo ou usado
  6. Quais são os principais bancos 
  7. Qual o valor da entrada 
  8. Como é feito o pagamento das parcelas
  9. Onde encontrar as melhores condições de financiamento?

O que é financiamento imobiliário?

O financiamento é uma linha de crédito imobiliário oferecida pelas instituições financeiras, pela qual o adquirente pode parcelar a compra ou a construção de um imóvel. Por outro lado, quando financiado, o imóvel fica alienado ao banco até o término da quitação das parcelas.

Ou seja, o proprietário só se torna o verdadeiro dono quando o financiamento for pago integralmente.

Como se planejar para o financiamento de imóvel? 

Da mesma forma que é importante escolher cuidadosamente o seu imóvel,  também é preciso planejar outras etapas:  a organização das finanças e o pagamento da entrada. 

Para isso, é necessário conhecer seus hábitos financeiros a fundo e se atentar aos detalhes. Por exemplo: quais são os seus compromisso financeiros mensais, remuneração atual, momento profissional, se existe uma reserva de emergência, etc.

Também é importante começar a poupar, caso você ainda não tenha essa prática. Afinal, se em seu orçamento atual você não tem o hábito de guardar dinheiro, assumir o compromisso das parcelas de um financiamento e arcar com o valor da entrada, pode ser mais difícil.

Além disso, outro ponto importante é pesquisar a região em que você gostaria de morar, analisando qual é a média de custo de vida, condomínio, lazer e outros detalhes.

Se precisar de ajuda para encontrar um imóvel que combina com você, é só acessar a nossa plataforma ou conferir o conteúdo “Como escolher apartamento para comprar: 7 dicas para não errar”.

Quais são os âmbitos de financiamento imobiliário?

Ao optar pelo financiamento, existem diferentes modalidades de contratação que o cliente pode escolher. Eles podem variar conforme o valor do imóvel e o perfil do comprador. Descubra o que mais se adapta à você:

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

O SFH foi criado para aquisição e construção de imóveis residenciais pelo Governo Federal a partir da Lei 4.380/64. Por definição, ele tem o objetivo de reduzir o déficit habitacional, apresentando condições mais atrativas e crédito ao longo prazo. 

Além disso, esse sistema possibilita a utilização dos recursos da conta de poupança e do FGTS, e tem programas como “Minha Casa, Minha Vida enquanto modalidade. Esses aspectos o tornam a opção mais comum para financiamento de imóvel.

Saiba tudo sobre como utilizar seu FGTS para compra de imóvel!

Condições para o financiamento de imóvel no SFH

  • Valor máximo de avaliação do imóvel é de R$ 1.500.000,00 
  • Normalmente o valor da parcela não poderá exceder 30% da renda mensal do comprador;
  • A quitação total da dívida deverá ocorrer em até 35 anos, ou seja, 420 meses (o prazo pode variar de acordo com cada banco e a idade do comprador); 
  • O imóvel poderá ser adquirido somente por pessoa física;
  • A taxa de juros não pode ultrapassar 12% a.a;
  • A cota máxima para financiamento do imóvel é de 90%, mas em algumas situações é possível financiar até 100% do valor.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

O SFI surgiu como âmbito de financiamento que possibilita a compra de imóveis que excedam o valor da Carteira Hipotecária e SFH.

Ele foi desenvolvido a partir da Lei 9.514/97, e utiliza recursos de grandes investidores como: fundos de renda fixa, fundos de pensão, companhias seguradoras e bancos de investimento.

Condições para o financiamento de imóvel no SFI

  • Valor mínimo de avaliação do imóvel a partir de R$ 1.500.000,00
  • Não há limite de renda mensal comprometida do comprador;
  • A quitação total da dívida deverá ocorrer em até 35 anos, ou seja, 420 meses (o prazo pode variar de acordo com cada banco e a idade do comprador);
  • O imóvel poderá ser adquirido por pessoa física e jurídica;
  • Não há limitador para a taxa de juros;
  • A cota máxima para financiamento do imóvel é de 90%, mas em algumas situações é possível financiar até 100% do valor; 
  • Não é possível utilizar o FGTS para aquisição, amortização ou liquidação do contrato.

Quais são os sistemas para a amortização da dívida?

A amortização se refere a uma forma de reduzir o saldo devedor mês a mês. Ela é definida no ato da contratação do financiamento. Veja como funcionam as modalidades SAC ou Price, por exemplo:

Sistema de Amortização Constante (SAC)

No SAC a amortização se mantém constante no decorrer do tempo, tendo o juros calculado apenas sobre o saldo devedor (que pode sofrer correções monetárias). Ou seja, conforme as parcelas vão sendo pagas, por consequência, ocorre uma diminuição no valor da prestação.

Portanto, o comprador pagará mais no início do contrato e menos nas últimas parcelas.

Sistema Tabela Price

O Sistema Tabela Price também é conhecido popularmente como Sistema Francês de Amortização (SFA). Ele tem maior aderência no exterior e sofreu algumas adaptações para o cenário brasileiro em decorrência da oscilação na taxa de juros e alta inflação. 

Atualmente, no Brasil, as prestações variam conforme as taxas de pós-fixação, tendo os juros decrescentes e amortizações crescentes.

Se compararmos com a tabela SAC, o montante final pago no SFA é mais caro. Em contrapartida há a possibilidade de financiar um valor maior pagando a mesma parcela. 

Há também um sistema de amortização mix do Itaú. Clique para falar com os nossos especialistas e saber mais!

O que é melhor: financiamento de imóvel novo ou usado?

Atualmente as taxas de juros estão iguais para ambos. Porém, o imóvel novo se enquadra em programas exclusivos, como “Minha Casa, Minha Vida” e normalmente apresenta melhores condições de financiamento junto ao banco.

Já para a liberação do financiamento de imóvel usado, é preciso se certificar de que o mesmo esteja em perfeitas condições de habitação e com a documentação regularizada.

Veja quais são os documentos necessários para compra de imóvel!

Quais os principais bancos para financiamento de imóvel?

Escolher um banco para financiamento de imóvel pode parecer complicado, isso porque são muitas opções e pontos que devem ser levados em consideração, como taxa de juros, custo total da operação, prazo para a contratação, parcelamento, atendimento, facilidades, etc.

Entretanto, as instituições financeiras mais buscadas do mercado são:

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú
  • Santander

Se você está pesquisando o melhor crédito imobiliário para financiar ou fazer a portabilidade de financiamento, clique nos links e confira os conteúdos.

Caso prefira, nosso time de especialistas poderá te ajudar em todo o processo, comparando taxas e encontrando um financiamento que combine perfeitamente com você!

Qual valor da entrada para financiamento imobiliário?

Para realizar a maioria dos financiamentos é necessário oferecer uma entrada de, no mínimo, 20% do valor total do imóvel . Essa porcentagem pode variar conforme cada instituição financeira, havendo a possibilidade de, em alguns casos, que o valor seja 100% financiado.

Como é feito o pagamento das parcelas do financiamento de imóvel?

Ao fechar o financiamento de imóvel, normalmente o prazo para o pagamento da primeira parcela é de 30 dias após a emissão do contrato. No entanto, você poderá escolher ou alterar essa data conforme as opções de cada banco.

As parcelas poderão ser pagas diretamente por débito automático ou por meio de boletos, a depender da negociação com a instituição financeira. Este prazo usualmente é o mesmo para todas as modalidades, no entanto também pode ser negociado.

Onde encontrar as melhores condições de financiamento?

Agora você já sabe os principais pontos na hora de fazer um financiamento de imóvel, é hora de simular com os bancos para saber qual oferece as melhores taxas.

Com Kzas você simula de uma única vez nos 5 principais bancos brasileiros e conhece o seu potencial de crédito em até 24 horas. Dessa forma, desde a simulação, até a contratação do financiamento pode ser feito pela plataforma de um jeito simples, rápido e descomplicado.

Além disso, se precisar você ainda pode bater um papo com o time de especialistas da Kzas.

Veja o vídeo e entenda mais sobre Kzas Krédito:

Nos acompanhe também pelas redes sociais e saiba mais todas as oportunidades para comprar, vender ou financiar o seu imóvel: LinkedIn, Instagram e Facebook.