A startup imobiliária Kzas lança nesta semana um serviço de intermediação e indicações que deve incomodar o mercado de corretores de imóveis.

Chamado de Kzadores, o programa vai remunerar pessoas comuns que contribuírem com informações sobre imóveis em seus bairros ou que indicarem potenciais compradores, vendedores e interessados em financiamento imobiliário.

Diferentemente dos corretores, os chamados “kzadores” não vão atuar diretamente nas vendas, mas podem ganhar R$ 100 quando indicarem um imóvel que acabar incluído no portfólio da empresa. Se o bem for vendido, ele ganha 0,5% do valor da transação, segundo a startup. Quem indicar um comprador, por sua vez, ganha 1% do valor. Se a indicação for de um financiamento, a recompensa é de R$ 250.

Atualmente, a startup não trabalha com corretores autônomos. A empresa tem funcionários contratados com carteira, que recebem remuneração variável.

Por Filipe Oliveira e Mariana Grazini. Publicado originalmente na Folha de S. Paulo, em 21/7/20.